Porque sua Empresa Precisa de uma Logo Profissional?



Um logotipo é uma imagem constituída por um ícone e tipografia que tem a função principal de representar uma empresa. O logotipo é para a empresa o que a firma assina para o empregador: um selo de garantia. Esta imagem é o padrão de uma empresa na feroz publicidade e batalha comercial travada no mercado atual. Vamos rever a história um pouco para conhecer o logotipo de suas origens.




Na Idade Média, artesãos e ferreiros usaram uma imagem distinta que imprimiu suas produções para autenticá-las e registrar sua autoria. Além disso, os reis usaram algumas insígnias reais para marcar as letras que tiveram que atravessar longos caminhos e eram muito suscetíveis a falsificação. Da mesma forma, muitos reinos ou impérios tinham uma imagem que os representava em batalha ou para marcar quais territórios eles possuíam.




Voltando ainda mais, podemos falar sobre as cavernas pré-históricas que apresentam uma marca que parece indicar a pertença de algum grupo. Já mais perto dos nossos dias, a partir da revolução industrial, as empresas começaram a se identificar e se diferenciar de seus concorrentes com um logotipo corporativo que imprimiram em seus produtos. Foi aqui onde nasceu o design do logotipo e a escalada publicitária desses elementos.



Como dissemos, o logotipo é composto de um ícone e tipografia. Cada um desses elementos cumpre uma função comunicativa diferente no objetivo comunicativo total do Logotipo, que consiste em transmitir uma mensagem da empresa para o público. Cada uma dessas funções será desenvolvida abaixo:


O ícone transmite uma mensagem de uma imagem figurativa. Podemos chamar esta mensagem connotativa em oposição à tipografia que chamamos de denotativa. A condição conhecedora da imagem surge devido à sua imprecisão na comunicação da mensagem que a empresa quer transmitir ao público consumidor. Esta imagem não envia uma mensagem clara e unívoca, mas apresenta polissemia, uma variedade de significados.





Na verdade, quando esta imagem é projetada, é procurado, de fato, transmitir uma mensagem específica e é por isso que o designer se esforça para evitar que o caráter figurativo do ícone significa que o receptor interpretará qualquer coisa. Isto quer dizer que, embora haja uma variedade de interpretações possíveis para um ícone, estas são enquadradas em parâmetros que não permitem que a mensagem corporativa desapareça


Um exemplo claro de um ícone bom é o Nike Logo: o famoso Nike pipe refere-se a uma idéia de velocidade e movimento para a frente.

A tipografia é o transmissor denotativo, mas não de forma absoluta: o material verbal que é transmitido através da tipografia é o elemento denotativo, mas ainda falta algo. O material verbal (as palavras) são sinais que acham seu significado justo na linguagem que todos compartilhamos e na representação sonora (o alfabeto) que todos usamos da mesma maneira. As palavras de um logotipo são geralmente o nome da empresa e, eventualmente, um mercado de marcas.


O nome da empresa não é apresentado a uma variedade de interpretações como o ícone faz. O brandslogan é um slogan corporativo que acompanha a empresa em todos os momentos e não apenas em uma determinada campanha ou produto, como faz o slogan. O brandslogan é uma frase atraente e atraente que tenta cativar o público e tornar a empresa memorável.


A tipografia transmite essas palavras que não apresentam dificuldades de interpretação porque se referem a um significado compartilhado por todos os membros de uma comunidade. No entanto, há também um elemento conhecedor muito forte em relação à tipografia. A tipografia é o tipo de letra que é usada para escrever uma palavra e essa escolha não é inocente: cada tipo de letra se refere a um lago diferente. Algumas fontes são muito formais, outras são cômicas, outras tradicionais, etc.



A escolha correta da tipografia dará ao logotipo mais poder. A forma das letras gera uma resposta no subconsciente do público, uma resposta a esse estímulo. Se encontrarmos a resposta correta, alcançaremos um logotipo muito mais eficiente. Por exemplo, no logotipo de uma empresa que é responsável pela animação de festas infantis pode usar uma tipografia que se refere a comédia e diversão para que o destinatário do logotipo responda subconscientemente, considerando-o divertido. Esta resposta será automaticamente associada à empresa e o resultado será "contratar esta empresa vai divertir a festa do meu filho". 

Comentários